Acessibilidade: A+ A() A-
NOTÍCIAS

Amapá e Pará buscam ampliação da rede de internet na região

Por: Sidney Cardoso - 15/04/2017 - 10:38
Foto: Ascom/Prodepa

O governo do Amapá está buscando a melhor forma de diminuir os custos com o serviço de internet nos órgãos públicos. Já existe uma proposta de conectar o Centro de Gestão de Tecnologia da Informação do Amapá (Prodap) a Tucuruí, no Pará, por meio de uma infraestrutura própria de fibra óptica. A população será beneficiada não só, com a melhoria dos serviços prestados pelas instituições públicas, como também, o acesso à internet e telefonia.

O assunto foi discutido na quarta-feira, 12, em Belém (PA), durante reunião entre o presidente do Prodap, Lutiano Silva, o presidente da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa), Theo Pires, e o coronel Fidelis, do 41º Centro de Telemática do Comando Militar do Norte (CMN). O Exército entrou na discussão para, também, usufruir do serviço, especialmente, a partir de janeiro de 2018, quando está prevista a inauguração da Brigada da Foz, em construção em Macapá (AP).

A ideia é firmar um termo de cooperação técnica entre as partes, para a utilização da fibra óptica da empresa Isolux que atravessa os dois estados. Segundo o presidente do Prodap, Lutiano Silva, o projeto pode gerar uma redução de 40% a 50% no custo mensal com o link de capacidade de internet do governo do Amapá ampliando, assim, a concorrência do mercado de telecomunicações do Estado.

O gestor amapaense destacou a importância da reunião para o avanço tecnológico dos estados do Pará e Amapá, a partir da troca de experiência constante. “Com a efetividade do projeto, teremos um avanço, além de tecnológico, social e, principalmente, econômico para o estado do Amapá, onde o valor da internet ainda é acima da média, até da região Norte”, ressaltou Lutiano Silva.

O presidente da Prodepa, Theo Pires, informou que a iniciativa surgiu da necessidade dos estados da Região Norte, viabilizarem infovias digitais de alta capacidade. A infovia é uma rede de comunicação, formada por cabos de fibra óptica, que transmite voz, dados e imagens entre dispositivos nela conectados.

“É sempre interessante que se consiga disponibilizar a tecnologia para que, não só a população do estado do Pará, tenha uma melhoria nos serviços de comunicação, acesso à internet e serviço de telefonia, mas que o estado do Amapá também possa usufruir deste modelo, dentro do seu limite geográfico”, declarou Theo Pires.

A expectativa é integrar os três agentes públicos buscando o uso efetivo dessa estrutura de fibra óptica, em toda a sua extensão.

Com informações da Agência Pará


PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
Rua São José, S/N - Cep: 68900-110, Macapá/AP - Fone: (96) 3131-2637
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2017 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amapá