Encontro pedagógico discute sistema de avaliação educacional indígena

Até o próximo dia 20 de abril, professores e pedagogos que atuam na educação escolar indígena na região de Pedra Branca do Amapari, participam de um encontro pedagógico em Macapá. O encontro tem como objetivo promover o diálogo sobre o amparo legal e encaminhamentos técnicos necessários para a construção de um Sistema de Avaliação próprio para a Escola Indígena Wajãpi.

O evento é promovido pelo Núcleo de Educação Indígena (NEI) da Secretaria de Estado da Educação (Seed), em conjunto com a Coordenação de Educação Específica da Seed. A programação acontece no auditório da escola Professor Gabriel de Almeida Café. De acordo com o diretor da Escola Indígena Estadual Aramirã, Evilázio Ribas, Secretaria de Educação e comunidade Wajãpi estão em processo de discussão de uma proposta curricular para a etnia, sendo necessário um sistema de avaliação próprio.

“O sistema de avaliação deve levar em consideração as especificidades indígenas. Após esse momento de debate com professores, pedagogos e técnicos da Seed, iremos levar esse modelo de avaliação para ser discutido também na comunidade, e assim chegar a um modelo mais assertivo”, reforçou o diretor.

Os participantes aproveitam o momento para a troca de experiência. Legislações pertinentes à educação escolar indígena também estarão sendo vistas e discutidas durante o encontro. Será elaborado ainda um Plano de Ação Pedagógica dos professores do Somei Wajãpi.

Hoje a escola que atende a comunidade indígena na região de Pedra Branca conta com 11 turmas, ofertando as séries do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA). São pouco mais de 10 profissionais da educação da rede estadual que atuam na comunidade.


Por: Wellington Costa - 11/04/2017 - 09:56
Fonte : Secretaria de Estado da Educação