Governo alinha com gestores e professores de Mazagão estratégia para construir nova escola

O Governo do Estado trabalha para dar uma nova cara a educação do município de Mazagão. Entre as prioridades está a construção da nova Escola Estadual Dr. Murilo Braga. O assunto foi pauta da reunião desta segunda-feira, 4, entre o governador Waldez Góes, professores, vereadores e o prefeito de Mazagão, Dudão Costa.

O projeto da nova escola já está pronto e será apresentado nas próximas semanas para apreciação da comunidade escolar. O atual prédio deverá ser demolido e as obras devem iniciar no primeiro semestre de 2018.

Para que o ano letivo seja finalizado sem prejuízos, o governador determinou que o atual prédio receba reparos pontuais na parte elétrica e em setores que garantam mais segurança aos alunos e professores.

“São investimentos pequenos em reparos, mas que são fundamentais para comunidade escolar. Queremos garantir o melhor possível para que não tenhamos nenhum prejuízo no calendário letivo”, explicou o governador.

Segundo Waldez, a gestão tem priorizado o diálogo e a proximidade com os municípios principalmente no que se refere a tomada de decisões. Neste caso específico, foi discutido os possíveis locais para transferência dos turnos escolares que deverão funcionar em prédios alugados ou cedidos por meio de parcerias institucionais durante a construção da nova escola.

“O governador tem sido sensível e parceiro nos ajudando a encontrar soluções e até mesmo dando o devido direcionamento. Estamos muito confiantes, pois o governo tem demonstrado muito compromisso”, destacou o prefeito de Mazagão Dudão Costa.

O exercício do diálogo constante tem oportunizado inúmeros investimentos nos municípios. Em Mazagão, por exemplo, somente no último mês, foi assinado o convênio para limpeza da cidade, investimentos para continuidade das obras de mobilidade urbana, além da sinalização de contrapartida para construção da maternidade.

Após a pauta da educação, o governador reuniu com os dez vereadores presentes de Mazagão e os gestores das pastas da Saúde, Segurança Pública, Juventude, Fomento, Inclusão Social, Infraestrutura, Trânsito, Turismo e Desenvolvimento Rural, para encaminhamentos relacionados aos assuntos referentes a cada setor.


Por: Lílian Guimarães - 05/09/2017 - 12:02
Fonte : Secretaria de Estado da Educação