sexta, 11 de maio de 2018 - 13:48h
Poderes formalizam cooperação técnica de Tecnologia da Informação
Parceria vai possibilitar intercâmbio de conhecimento, ferramentas e infraestrutura para melhor servir a população.
Por: Eloisy Santos
Foto: Marcelo Loureiro/Secom
Os Acordos de Cooperação Técnica do Governo do Amapá na área da Tecnologia da Informação foram firmados com o MP/AP e TCE/AP

Nesta sexta-feira, 11, o Executivo Estadual formalizou Acordos de Cooperação Técnica (ACT) na área da Tecnologia da Informação com o Ministério Público do Estado (MP/AP) e o Tribunal de Contas do Amapá (TCE/AP). As parcerias vão possibilitar o compartilhamento de ferramentas, informação, conhecimento técnico e infraestrutura, desenvolvimento de estudos e projetos.

A solenidade foi presidida pelo governador Waldez Góes, no Palácio do Setentrião, em Macapá. Os acordos foram firmados através do Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap) e têm validade de 60 meses. 

Na ocasião, o diretor-presidente do Prodap, Lutiano Silva, lembrou que antes de 2015, o Centro não possuía autonomia financeira e, portanto, não era dotado de parque operacional e infraestrutura que possibilitasse a oferta de bons serviços. “Atualmente, o Prodap é um dos órgãos públicos de tecnologia da informação que mais avançam no país gerando, no Amapá, credibilidade e confiança dos órgãos internos e externos ao governo”, enfatizou o gestor.

Lutiano lembrou, ainda, que o momento foi de formalizar parcerias que já existem e abrir a oportunidade para que outras possam se consolidar. “O MP/AP já utiliza algumas tecnologias do Prodap; o Tribunal de Justiça [Tjap] utiliza o Prodap como seu site backup, armazenando parte de seu trabalho; a Assembleia Legislativa utiliza o link de internet compartilhada dentro do Prodap; e o TCE tem interesse em tecnologias desenvolvidas pelo Centro. Agora, outras parcerias poderão ser firmadas”, registrou.

O governador Waldez Góes, enfatizou que é necessário que os agentes públicos se apropriem e façam das ferramentas de tecnologia da informação, mecanismos para oferecer cada vez mais políticas públicas de qualidade ao cidadão.

Ele exemplificou medidas adotadas pelo Governo do Amapá neste sentido, mesmo em meio à crise, como a plataforma de chamada escolar e pré-matrícula da rede estadual de ensino; o Colabora Amapá, que em menos de seis meses de implantação já beneficiou 10 municípios do Amapá com trabalhos de tecnologia da informação; o Diário Oficial do Estado (DOE) eletrônico, cujo site deve ser finalizado até junho; o aplicativo Denuncie Mulher Amapá e, tantos outros mecanismos desenvolvidos pelo Prodap.

“É desta forma que trabalhamos e ficamos felizes com a confiança dos demais Poderes. A tecnologia da informação deve ser apropriada pelos entes públicos, sobretudo para criar ferramentas e soluções que garantam a prestação de serviços cada vez mais célere, transparente, segura e eficaz ao cidadão”, enfatizou Góes, lembrando que as parcerias entre os Poderes se fortalece cada vez mais, inclusive através do Conselho Estadual de Gestão Fiscal.

De acordo com o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá, Márcio Augusto Alves, a parceria vai colaborar para o melhor desempenho dos trabalhos do órgão. “O Executivo é um grande parceiro e tem como líder um estadista, com visão macro para beneficiar o usuário dos serviços. Esse será um instrumento para o crescimento do nosso trabalho, que é investigativo”, discursou Alves.

VÍDEOS RELACIONADOS
NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
Rua São José, nº 290 - Cep: 68900-110, Macapá - AP - (96) 3131-2637 - cotec@prodap.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá