quarta, 28 de março de 2018 - 09:04h
Executivo propõe uso obrigatório de plataforma digital que moderniza gestão escolar
Moderno e integrado, o SigEduc facilita a rotina da equipe gestora da escola e dos estudantes, com o acompanhamento das notas e presença do aluno.
Por: Gabriel Dias
O sistema fornece ferramentas modernas para alunos e a sociedade com módulos específicos para cada área

A gestão da rede estadual de ensino deverá ficar, obrigatoriamente, mais moderna neste ano letivo. O governo aguarda a aprovação do projeto de lei que torna obrigatório o uso do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SigEduc), por todos os profissionais da rede escolar amapaense. A Secretaria de Estado da Educação (Seed) já emitiu algumas normativas tornando obrigatório o uso de algumas ferramentas do sistema.

De autoria do próprio Executivo estadual, o projeto busca, através da ferramenta tecnológica, racionalizar e aumentar o controle sobre os recursos públicos aplicados na Educação do Amapá. Além, disso, o sistema é capaz de simplificar e uniformizar a administração educacional em todo o Estado.

O SigEduc é uma plataforma digital criada para modernizar as rotinas de administração, gestão pessoal e técnica da Secretaria de Educação. Com ele, é possível que a comunidade acompanhe e apoie o trabalho dos gestores, professores e outros profissionais que integram a rede escolar. O sistema integrado facilita a rotina da equipe gestora da escola, dos estudantes e, também, dos responsáveis pelos alunos, porque permite o acesso online às notas e frequência do aluno, por exemplo.

O sistema SigEduc também possibilita o monitoramento dos indicadores da escola. Ele também fornece ferramentas modernas para alunos e a sociedade com módulos específicos para cada área.

O projeto encaminhado pelo governo ao parlamento amapaense destaca, entre outras funcionalidades, os benefícios da matrícula online para novos estudantes, renovação de matrícula, transferência da rede, transparência e acesso aos dados escolares, dados sobre a vida escolar do aluno e perfil dos professores, vagas disponíveis por escola e outros.

O projeto também prevê que, pelo SigEduc deverão ser feitos alocação de carga horária de professores, criação de turmas, Diário de Classe Eletrônico com conteúdos de disciplinas, notas e frequências.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
Rua São José, nº 290 - Cep: 68900-110, Macapá - AP - (96) 3131-2608 - ouvidoria@prodap.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá