Passeio ciclístico encerra ações do ‘Junho Verde’ em Macapá

O Governo do Amapá encerrou neste sábado, 9, as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente com o 1º Passeio Ciclístico Junho Verde, organizado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). A largada ocorreu às 8h30 no estacionamento do Complexo do Araxá, no Centro de Macapá.

Cerca de 700 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, participaram caminhando e pedalando pela avenida Beira-Rio percorrendo as Ruas São José e Tiradentes e Avenidas Iracema Carvão Nunes e Mendonça Furtado, com destino ao Formigueiro, em frente à Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). Na chegada, houve sorteio de prêmios, como celulares e camisas oficiais da seleção brasileira de futebol.

Um dos participantes foi o ciclista Márcio Façanha, 50 anos, que há mais de dois anos é praticante do pedal. Ele gostou de passear por uma causa que é de responsabilidade de todo cidadão.

“Além de incentivar a atividade física, esse evento serviu para orientar as pessoas sobre uso das sacolas e garrafas de plástico de forma consciente sem agredir o meio ambiente”, analisou o ciclista que enfeitou a 'magrela' com as cores da bandeira do Brasil entrando no clima da copa do mundo de futebol.

O Colégio Amapaense participou do passeio levando aproximadamente 350 alunos e mobilizou mais de 100 servidores da instituição, incluindo a banda marcial da escola que, durante todo percurso, animou os participantes.

O diretor do colégio, Marcio de Lima, destacou que a ideia da conscientização deve ser aderida por outras instituições do governo. “Essa é uma atitude que deve ser copiada pelos demais órgãos, principalmente as escolas. Temos que preservar a nossa Amazônia. Por isso, devemos ter uma consciência ecológica de não poluir os nossos rios”, considerou o diretor.

O secretário de Estado do Meio Ambiente, Bernardino Nogueira do Santos, expôs que a programação do “Junho Verde” foi pensada para promover a conscientização da importância de cuidar do meio ambiente e evitar o entupimento de esgotos e bueiros por causa do despejo de lixo em locais inadequados.

“Finalizamos a semana com esse grande passeio ciclístico para envolver a sociedade nas ações de preservação, sempre orientando a não despejar lixo nos canais e a importância de substituir o uso de sacolas e garrafas de plástico por sacolas retornáveis”, declarou o titular da Sema.

A programação do “Junho Verde” contou com o Desafio Um dia Sem Sacolas Plásticas; ação de educação ambiental que retirou cerca de meia tonelada de lixo da Área de Proteção Ambiental (APA) do Curiaú; ação do Projeto Lixo que Vale com a retirada de quase uma tonelada de resíduos da APA da Fazendinha; palestras e torneios esportivos.

 


Por: Iran Froes - 11/06/2018 - 09:14
Fonte : Secretaria de Estado do Meio Ambiente