Programa Tesouro Verde é apresentado para o Governo Francês

O Embaixador da França Michel Miraillet – acompanhado do Conselheiro Yannick Samson, Diretor Adjunto da Agence Française de Développment Lamine Sow e a Primeira Secretária Christelle Chatrian-Gomez – recebeu no dia 1º/11/18 o Estado do Amapá, através do Secretário de Estado do Planejamento Eduardo Tavares e Secretária da Representação em Brasília Suely Collares – acompanhados da equipe da BMV, a CEO Maria Teresa Umbelino e Coordenadora Pâmela Pádua –, para apresentação do Programa Tesouro Verde Amapá.

Inspirado em precursores como o Estado de Goiás, este programa inovador e aderente aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS é amparado em uma rede colaborativa, que inicia com um inventário florestal nos padrões internacionais e registrado na ONU, denominado BMV Standard, com validação da UNESP e verificação da Ernest Young. O resultado permite emitir uma Cédula de Produto Rural - CPR que, após registro na CETIP e custódia jurídica na Julian Turnbull, gera o Crédito de Floresta, ofertado em âmbito nacional e internacional por uma plataforma online pela BMTCA.

O programa, que traz uma plataforma completa para os ativos florestais, inclusive com a destinação de recursos aderente à agenda mundial, foi lançado pelo Amapá no dia 15/08/18, e apresentado no GCF, na última reunião ocorrida em setembro/18 na Califórnia, e Under2.

A reunião foi mais um passo importante para anunciar a solução, já em funcionamento, que  propicia um canal transparente e seguro para o financiamento de serviços ambientais, ao tempo em que credencia, através do Selo Sustentabilidade, as empresas que se preocupam com sua pegada ambiental. Um critério voltado para a proteção e renovação dos recursos naturais, que pode ser utilizado como requisito através de acordos bilaterais e/ou multilaterais e instrumentalizado internamente através de políticas públicas, como realizado pelo Amapá. Uma forma objetiva de garantir – através do cálculo da pegada ecológica – que a proteção da floresta amazônica passe a integrar o balanço das empresas, agregando um adereço ambiental à marca.

A partir do encontro inicia-se uma agenda específica, buscando tornar concreta a parceria, inclusive com a possibilidade junto a empresas francesas e projetos específicos, como a cabotagem no Platô das Guianas. O Estado do Amapá manifestou a disponibilidade e interesse no sentido de celebrar novas parcerias, reforçando o bom relacionamento histórico que possuí com a França, especialmente por conta da proximidade com a Guiana Francesa. 

A agenda, que busca apresentar para embaixadas de países com interesse e compromisso com a sustentabilidade, torna cada vez mais próximo o objetivo de proteger nossas florestas, tornando-as indutoras de desenvolvimento econômico do Estado, através da conciliação da preservação e prosperidade. Para saber mais sobre o programa, acesse: www.tesouroverde.ap.gov.br


Por: Gabinete Seab - 01/11/2018 - 15:37
Fonte : Secretaria Extraordinaria de Representação do Governo do Estado do Amapá em Brasilia