Amapá consegue novo prazo para servidores do ex-Território pedirem a transposição para a folha federal

Os mais de dois mil pais e mães de famílias, a maioria em idade avançada, que estavam aflitos, preocupados se iriam sair da folha de pagamento com o desfecho do caso dos 992 e 1050, agora tem uma luz no fim do túnel.

O Governo do Amapá conseguiu mais uma vitória na Justiça Federal. Nesta terça-feira, 2, o juiz federal Anselmo Gonçalves decidiu que será reaberto o prazo para o recebimento de requerimentos e documentação dos servidores 992 que, porventura, tenham perdido o prazo para realizar o protocolo que encerrou em maio de 2015.

A partir de agora, as pessoas que estão nos grupo de servidores do ex-Território Federal do Amapá (992), poderão procurar a Secretaria de Estado na Administração (Sead), na Avenida FAB, para entregar os documentos e protocolar o pedido de transposição.

Os documentos podem ser entregues na Sead das 8h às 14h, até o dia 16 de setembro. No ano passado, houve a saída de muitos servidores da folha de pagamento federal. Mas, segundo a secretária de Administração do Amapá, Goreth Souza, isso não deve mais acontecer. Ela se mostrou muito satisfeita com o avanço nos pedidos do Governo junto à Justiça.

“Hoje é um dia que estamos extremamente felizes, porque, desde 1996 que este processo foi ajuizado pelo Ministério Público Federal na Justiça Federal e, agora, vem essa nova decisão favorável para os servidores que estavam de fora. Quem é do grupo dos 1050, será encaminhado de forma automática e não vai ser preciso nenhum documento. Apenas umas 200 pessoas pertencentes aos 992 que perderam o prazo é que precisam se regularizar. Vamos acompanhar tudo bem de perto e garantir toda a eficiência no processo de transposição”, esclareceu a gestora da Sead.


Por: Bianca Castro - 03/08/2016 - 07:27
Fonte : Rádio Difusora de Macapá