quinta, 20 de fevereiro de 2020 - 15:37h
Experiência do Usuário
O PRODAP com foco na transformação digital cria em sua estrutura uma nova área para aprimorar os serviços do GEA
Por: Márcio Brasil - PRODAP

O papel dos poderes públicos são prover serviços e gerir recursos em prol dos cidadãos, a demanda por ambos só aumenta junto com a população e dependendo da conjuntura econômica a possibilidade da redução da abrangência por atendimento por parte dos poderes pode ser uma realidade, de forma a minimizar esta problemática, e aumentar a disponibilidade destes serviços sem impacto maior em custo em sua estrutura para mantê-los, o caminho é o uso da tecnologia. Sendo ampliando as possibilidades de interação com a população (e avaliando continuamente este processo), digitalizando serviços e popularizando a cultura digital e seus benefícios para a população.

Os governos do mundo todo já colhem os frutos da economia gerada por estes benefícios, estudos realizados no Canadá, Reino Unido, Noruega e Austrália – demonstram que um atendimento presencial custa em média US$ 14. Quando o mesmo serviço é prestado de forma online, o custo baixa para US$ 0,39, o que representa uma economia de 97% aos cofres públicos (Fonte: BID, 2017). O Governo do Brasil, visando esta economia, já conta com 1807 serviços totalmente digitais em seu portal de serviços com avaliações positivas da população sobre os mesmos. Esta transformação digital gerou em 2019 a economia de quase dois bilhões que poderiam ser gastos com tempo de deslogamentos ou despachantes ou cobrir custos burocráticos (Fonte: Min. Economia, 2019).

O Governo do Amapá segue este caminho, a digitalização do Diário oficial (economia de 270 mil/ano); PRODOC (economia de 9 milhões entre 2018 e 2019); SIGA (economia de mais de 66 milhões em 2019), entre outras soluções já empregadas que vão permitir o poder executivo ampliar o atendimento à população sem que necessariamente maiores investimentos sejam necessários (pessoal, insumos, etc.) para o sucesso da iniciativa é necessário que a população desenvolva a cultura digital de consumir esses serviços de forma constante, o que só é possível se houver a facilidade de manusear e / ou ser atendida desta forma. É com este objetivo de dar suporte em composições funcionais e acessíveis, assim como de criar mecanismos de interação e avaliação com a população dos serviços disponíveis que a área de "Experiência do Usuário" foi criada.

Que este novo modelo eleve a qualidade e massifique o atendimento do governo com economia crescente e real de investimentos otimizando custos.

 

OBS: Os indicadores de economia dos sistemas do GEA, tiveram como fonte os órgãos gestores dos sistemas

EXPERIêNCIA DO USUáRIO - PRODAP
Rua São José, nº 290 - Cep: 68900-110, Macapá - AP - - experiencia@prodap.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2021 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá